No escuro

dark-places-web

Gillian Flynn é mais conhecida por seu livro “Garota Exemplar”, que foi transformado em um filme dirigido por David Fincher e estrelando o Ben Affleck, mas hoje quero falar de outro livro dela, o “Lugares Escuros” (que também irá virar filme, dessa vez com a Charlize Theron).

Em “Lugares Escuros”, acompanhamos a vida de Libby Day, uma mulher traumatizada pela perda de sua família em um massacre na sua casa quando ela tinha apenas sete anos. O testemunho da então pequena Libby foi essencial para mandar seu irmão mais velho, Ben, para a cadeia com uma sentença de vida atrás das grades. Logo no começo do livro, Libby é procurado por um grupo chamado “Kill Club”, que tem como hobby investigar casos famosos não resolvidos. O mais recente caso do grupo é o massacre da família Day e eles estão convencidos de que Ben é inocente.

Devido à forma como o romance é escrito, os vários pontos de vista em cada capítulo são usados ​​para avançar a investigação de Libby na busca da verdade e, finalmente, descobrir quem matou sua família e por quê. O enredo é revelado em camadas e o leitor não sabe ao certo como tudo vai se juntar no final. Esse livro não é rápido, se desenvolve lentamente, porém o desfecho é surpreedente (para mim, mais até do que o de “Garota Exemplar”). Na maior parte do livro, Libby tenta achar soluções mas é constantemente atrapalhada por outros, inclusive seu pai, o perdedor Runner,e até mesmo seu próprio irmão, Ben, que deveria ser o maior interessado na descoberta que ocasionaria sua liberdade.

Libby é uma personagem cheia de lugares escuros. Logo de cara fica evidente que o trauma pelo qual passou a deixou incapaz de levar uma vida normal. A protagonista, não é adorável, mas cresce no leitor ao sermos atraídos para o seu mundo. Acabamos sentindo sua solidão e seu medo do que existe no mundo real: dá vontade de cuidar de Libby, como se ela ainda fosse a menininha de sete anos que ficou sem família. Torcemos para ela, mas ao mesmo tempo nos perguntamos se realmente queremos saber as respostas. O que aconteceu nos momentos mais escuros da vida de Libby? Ben é culpado ou não?

Então pensando no livro, a receita de hoje é cheia de escuridão e segredos: Torta Fudge. Essa torta é densa e concentrada no chocolate. Essa torta é uma tentação de tão gostosa. Na última vez que eu fiz (que foi também a primeira), acabou rapidinho, ainda bem. Então se você quiser que dure, esconda em um lugar escuro que só você saiba.

Torta Fudge da Escuridão (serve de 8 a 10 pessoas)

Ingredientes:

  • 200 g de chocolate amargo
  • 200 g de manteiga
  • 1 xícara de açúcar de confeiteiro
  • 5 ovos
  • 1/3 xícaras de amido de milho

Modo de Preparo:

  1. Preaqueça o forno a 180 ºC.
  2. Unte com manteiga uma assadeira redonda de 24 cm de diâmetro com fundo removível. Corte um quadrado de papel manteiga grande o suficiente para cobrir o fundo e sobrar. Feche o aro e dobre a sobra de papel para baixo, para que a massa líquida não escorra pelo encaixe. Corte também uma tira de 80 cm x 12 cm e forre a parede da fôrma. Espalhe uma camada fina de manteiga sobre o papel.
  3. Numa tábua, pique o chocolate e corte a manteiga em cubos. Transfira para uma tigela refratária grande.
  4. Derreta a manteiga com o chocolate em banho-maria no microondas. O tempo varia de acordo com a potência, então fique de olho e só deixe até o chocolate derreter e antes dele começar a cozinhar.
  5. Acrescente o açúcar ao chocolate, e misture com carinho com uma espátula.
  6. Quebre um ovo de cada vez numa tigelinha e transfira para outro recipiente – se um deles estiver estragado você não perde toda a receita. Com um garfo misture as gemas com as claras, sem bater.
  7. Em seguida, junte os ovos à massa de chocolate. Misture delicadamente com a espátula, com cuidado para não formar bolhas: esse é o segredo para o bolo ficar denso e bem cremoso.
  8. Por último, peneire o amido sobre a massa e misture até ela ficar lisa.
  9. Transfira para a fôrma preparada e leve ao forno preaquecido. Deixe assar por 20 minutos – o interior deve ficar úmido e sai do forno com cara de que ainda não está todo assado.
  10. Deixe esfriar por 20 minutos, cubra com filme e leve à geladeira por 1 hora para firmar antes de servir.
Anúncios

2 comentários sobre “No escuro

  1. Fiquei curiosa para ler o livro, do qual eu já tinha ouvido falar, mas nunca dei muita atenção, e amei a receita. Adoro programas de culinária e tem um no GNT, “Que seja doce”, que é sobre doces em geral, como o nome indica. Lá aparece direto esse bolo fudge eu fiquei com uma vontadezinha de fazer algum dia. Agora tenho uma receita testada e aprovada. 🙂 Aliás, Carol, adoro a forma como você combina as receitas. Isso é muuuito legal. Dá vontade de ler comendo o que você recomendou. Adorei esse post! Bjs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s