O cheesecake da Srta Elliot

namorados

Hoje eu quero de falar um clássico feminino, Persuasão da Jane Austen. Eu, e quase todo o restante da população feminina mundial, adoro a Jane Austen. Sempre que passa Orgulho e Preconceito na TV eu sou obrigada a assistir, mesmo que o cabelo do Mr Darcy me dê um pouco de nervoso e que a cena deles se encontrando de madrugada de pijama seja pra lá de piegas. Enfim, Jane Austen é a parada em romance feminino e eu adoro todos os livros dela, uns mais do que outros. Persuasão, claro, se encaixa na categoria dos mais.

Em Persuasão, Anne Elliot deixou escapar o amor da sua vida, o Capitão Frederick Wentworth, porque ouviu os conselhos de sua melhor amiga.. Anne é a filha de um barão viúvo que gastou mais do que devia e agora está na pior (na pior mesmo, não igual a Marilene). Sua irmã mais velha é considerada uma beleza local mas é chata de doer. E Lady Russell é a sua melhor amiga, que serve para ela de mãe substituta, e a quem ela considera extremamente inteligente e tem como modelo de comportamento. Seguindo os conselhos de Lady Russell, Anne resolve romper o seu noivado com Frederick apesar de estar apaixonada por ele. Ele, fica ressentido de ela abrir mão do amor dos dois e vai embora seguindo uma carreira de grande sucesso na marinha. O começo do livro se passa nove anos depois desses acontecimentos, quando os dois se encontram por circunstâncias do destino, coisa e tal. É claro que quando eles se reencontram Anne fica abalada, e Frederick não resiste se vingar dela um pouquinho (tipo mulher rejeitada que malha horrores e depois passa na frente do ex de vestido colado). Mas é claro que nenhum dos dois superou o passado.

Persuasão é o meu Austen predileto porque eu adoro a Anne. Obviamente, como uma nerd de carteirinha, eu me identifico com sua tendência introspectiva de ficar em casa lendo livros (e se tivesse Netflix, aposto que a Anne tava dentro!), mas o que eu adoro na personagem é que ela é boa mas não infalível. Anne consegue analisar as pessoas e coisas ao redor com ternura, mesmo quando a situação é dolorosa para ela. E o Capitão Wentworth também é um herói digno porém falho; se deixa levar orgulho ferido, antes de reconhecer seus erros. É um romance interessante e cheio de nuances, nada a ver com o furacão de hormônios dos livros de hoje em dia, em que o par romântico se conhece e se apaixona perdidamente em cinco minutos.

Para ser bem honesta, eu não sabia qual receita combinava com esse livro. Estava quebrando a cabeça, quando de repente me veio um estalo. Persuasão é sobre um romance lento, que demora para chegar no ponto, que tem etapas diferentes. Igual ao cheesecake que o meu marido vive pedindo para eu fazer e eu nunca faço (porque fico com preguiça de todas as etapas! rsrs) mas então lá vai: cheesecake com calda de morango.

O cheesecake da Srta Elliot (serve de 8 a 10 fatias)

Ingredientes:

Massa:

  • 160g de biscoito maisena
  • 80g (7 colheres de sopa) de manteiga sem sal em temperatura ambiente
  • 1/2 colher de chá de canela

Recheio:

  • 450g de cream cheese
  • 150g de creme de leite fresco
  • 150g (1 xícara) de açúcar
  • 1 colher (sopa) de extrato de baunilha
  • 1 colher (sopa) suco de limão
  • 3 ovos

Calda:

  • 300g de morango
  • 100g (3/4 xícara) de açúcar
  • Suco de um limão

Preparo:

  1. Triture o biscoito no liquidificador ou processador.
  2. Misture ele com a manteiga e a canela, usando as mãos.
  3. Espalhe sobre uma forma de fundo falso, cobrindo todo o fundo dela, a que eu tenho é de 25 cm.
  4. Reserve. Preaqueça o forno a 160ºC.
  5. Bata o cream cheese e o creme de leite na batedeira até amaciar bem, e adicione aos poucos o açúcar em velocidade baixa. Acrescente a baunilha, o suco de limão e os ovos. Bate até que a mistura esteja homogênea.
  6. Coloque sobre a massa na forma e leve para assar por 30 a 40 minutos.
  7. O segredo é quando você olha por cima e está fosco, não brilhante, talvez com algumas rachaduras por cima.
  8. Deixe esfriar e leve à geladeira por pelo menos 4 horas. Tem que rolar uma paciência a la Anne Elliot aqui, porque esse tempo na geladeira é o que faz o cheesecake ficar na consistência certa. Desenforme.
  9. Agora faça a calda:  lave e retire os cabinhos do morango e pique grosseiramente. Coloque numa panela com o açúcar e o suco de limão. Aqueça em fogo baixo, mexendo de vez em quando até que tome consistência de calda. Se quiser uma calda mais lisinha, bata no liquidificador, ou pode servir mais rústica mesmo, com os pedaços de morango.

 

Anúncios

2 comentários sobre “O cheesecake da Srta Elliot

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s